quinta-feira, 19 de junho de 2014

Livro infantil: Um presente diferente

Depois de ser mãe descobri uma outra paixão: adoro livros infantis!
Adoro folhear o livro e ver as ilustrações, ler a história e sobretudo assistir à reação dos meus filhos. Vocês imaginam os pormenores que eles conseguem ver? As histórias que eles criam das imagens que vêm? As interpretações que fazem daquilo que ouvem?! É tão giro.
Para além disso, um livro é uma excelente maneira de lhes transmitir uma mensagem. Quantas vezes, num qualquer episódio damos por nós "lembraste daquela história, como é que o menino fez? O que é que aconteceu? Tu não queres (ou queres) que aconteça isso, pois não?"
Sou viciada em comprar livros infantis, o Rui, a minha cara metade, já disse: "estive a arrumar os quartos dos meninos e percebi que não cabem mais livros cá em casa" (é tão exagerado!)
Pois, perante esta minha paixão, achei que seria bom partilhar alguma informação, tipo a referência a um bom livro (na minha opinião, claro), um breve resumo e também, como não podia deixar de ser, a atitude dos meus pequenos perante a obra.
Estreio-me com "Um presente diferente" da editora Kalandraka, texto de Marta Azcona e ilustração de Rosa Ozuna.

O Tristão, oferece, como presente de aniversário ao seu amigo Marcelo, um pedaço de tecido que sobrou à mãe. A prenda, que não era a desejada, acabou por ser muito útil e divertida. Vocês não imaginam a quantidade de coisas que se podem fazer com um pedaço de tecido, aliás nem o autor diz,  essa utilidade e divertimento são as nossas crianças que determinam com a sua leitura/ interpretação das imagens.



 
 
Posso dizer que esse livro já foi lido diversas vezes cá em casa, os meus pequenos têm sempre diferentes opiniões, é um gorro, um chapéu. Eih, fizeram um barco, depois serviu de manta...
Eu lá vou tentando o discurso "anti-consumismo" e o discurso a puxar a criatividade deles. Gosto muito deste livro, tem muitas potencialidades, muitos pontos que podem ser explorados.
Outro aspeto fascinante neste livro, mais exatamente na ilustração, é a presença de um macaquinho, sempre a espreitar as aventuras. Os meus filhos quase que fazem outra história com esse macaco: "é um monstro", "quer roubar o tecido", eheheeh
 
Se estiverem a pensar comprar um livro, para consumo familiar, ou para oferecer, ponderem este, vale a pena!
 
 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário